Consumo de café pode combater a celulite

Uma das alternativas mais conhecidas para o tratamento da celulite é o uso da cafeína. Considerada um grande agente lipolítico, ela é capaz de quebrar gordura e, supostamente, facilitar o combate aos temidos ‘furinhos’.

Mas, mesmo com toda a fama, o que não faltam são dúvidas e controvérsias a respeito da real eficácia da substância sobre a pele. Por isso, separamos abaixo alguns mitos e verdades divulgados pelo portal Terra sobre o assunto. Confira: 

A cafeína é eficiente no tratamento da celulite. VERDADE

A eficácia da substância no combate à celulite tem comprovação científica, pois ela é rica em xantinas, ativos que aumentam a atividade lipolítica (quebra de gordura).

A substância é eficaz em produtos anticelulite. VERDADE

Quando utilizada em cremes, a cafeína é eficaz no tratamento das celulites de primeiro e segundo grau, consideradas mais suaves e fáceis de tratar. O cosmético precisa ser aplicado duas vezes ao dia na área afetada para que o efeito anti-inflamatório possa ser alcançado.

A ingestão de cápsulas garante o resultado. VERDADE

As cápsulas de cafeína são efetivas no tratamento da celulite nos graus um e dois, que são menos agressivos, oferecendo, inclusive, benefícios em relação à queima de gordura. Para isso, devem ser ingeridas uma ou duas cápsulas diariamente, de acordo com a necessidade de cada pessoa.

Aplicar pó de café na pele funciona. MITO

Não existe estudo científico que comprove que o café, quando aplicado diretamente sobre a pele, realmente possa combater a celulite. Devido aos seus grânulos, o máximo que o pó pode proporcionar é uma leve esfoliação.

Ingerir café garante o mesmo efeito. VERDADE

O consumo de duas xícaras de café por dia pode aumentar a quantidade de antioxidantes que precisamos para combater a degradação das células e, consequentemente, a celulite. Mas, atenção! Sem exageros. O excesso de cafeína gera palpitações e alterações no sono.

Fonte: Terra

Café Meridiano, um jeito café de combater a celulite.

Café faz bem ou mal à saúde?

O café é uma das bebidas mais consumidas no Brasil. Seja puro, com leite, adoçado ou amargo, é difícil resistir a um cafezinho. E, além de irresistível e saboroso, a bebida também é controversa: afinal, ela faz bem ou mal à saúde?

Para acabar de vez com as dúvidas, reunimos alguns mitos e verdades sobre o consumo de café e seus efeitos no organismo – publicados pelo portal UOL - que você confere logo abaixo:

Algumas pessoas devem evitar o consumo de café: VERDADE!

Algumas pessoas possuem sensibilidade à cafeína – eliminam a substância do corpo de forma mais lenta como gestantes, mulheres na menopausa, pessoas com problema de má digestão, de insônia ou idosos. 

Lembrando que alguns estudos mostraram que um consumo total de cafeína por dia inferior a 300 mg não apresenta riscos à saúde.

Crianças não podem tomar café: MITO!

A ingestão de cafeína não apresenta riscos à saúde das crianças. Mas, é importante lembrar que sua ingestão (do café e dos demais alimentos que contenham a substância) deve ser moderada, não sendo recomendado um consumo maior do que 2,5 mg de cafeína por quilo de peso por dia. Exemplo: se uma pessoa pesa 60 kg, o máximo de cafeína que deve consumir é 150 mg = duas ou três xícaras de café coado.

Cafeína deixa mais atento: VERDADE!

Uma simples xícara de café forte – tomada em jejum – pode produzir em pouco tempo um aumento da acuidade mental e sensorial, além de elevar o nível de energia, tornando a pessoa mais alerta e proporcionando bem-estar.

Café ajuda a emagrecer: VERDADE!

Por conter cafeína, o café atua aumentando o metabolismo do corpo, auxiliando na queima de calorias. Mas, é sempre bom ressaltar que a melhor conduta para se perder peso é manter uma prática de atividades físicas frequente e uma dieta balanceada.

Não há limite de quantidade para tomar café: MITO!

Para desfrutar do café sem ter complicações, o recomendado é não ultrapassar o limite de 150 ml a 200 ml de café/dia – o equivalente a três ou quatro xícaras pequenas – distribuídos em três porções: pela manhã e as demais do início até o final da tarde.

Café ajuda a aliviar a dor de cabeça: VERDADE!

Uma xícara de café forte pode contribuir para o alívio da enxaqueca, quando ingerida nos primeiros momentos da dor.

Café beneficia as atividades físicas: VERDADE!

A cafeína aumenta o estado de vigília, diminui a sonolência, alivia a fadiga, aumenta a respiração e a frequência cardíaca, assim como o metabolismo e a diurese, podendo melhorar a prática de atividade física.

Café não deve ser tomado junto de medicamentos: VERDADE!

Certos medicamentos, como antidepressivos, remédios para a osteoporose e controle da tireoide, podem ter seu efeito alterado pelo consumo excessivo de café. Na dúvida, consulte sempre o seu médico.

Café ajuda a prevenir doenças cardíacas: VERDADE!

Estudo realizado por pesquisadores do Centro Médico Beth Israel, nos Estados Unidos, demonstrou que o consumo de quatro xícaras de café por dia diminui em até 11% as chances de uma pessoa desenvolver insuficiência cardíaca.

Fonte: UOL Notícias

Café Meridiano, um jeito café de fazer bem à saúde.